Bauhaus Design

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Olá,
Tudo bem?

Era uma vez, um país, onde foi criada uma escola… Não, sobre A escola que foi pioneira no design mobiliário clássico mundial.

BAUHAUS

Escola Bauhaus Design
Escola Bauhaus Design

O início do modernismo

O movimento da arquitetura alemão, a Bauhaus teve um impacto importante sobre o desenvolvimento do design e da arquitetura no século XX. Foi verdadeiramente uma vanguarda em técnicas e ideias.

O Projeto

Quando dizemos “Bauhaus”, vem algumas imagens ou lembranças em sua mente? Pois bem, se você é amante do design, provavelmente você já ouviu falar muito sobre Le Corbusier e Mies van der Rohe. Se não é tão ligado ao design, talvez você ainda não conheça a Lounge Chair LC4 (famosa divã), a derradeira “máquina de descanso” ou você já deve ter sentado em Poltrona Barcelona a espera de uma reunião importante para definir o que fazer em sua casa.

É fato que todos os aspectos do design da Bauhaus e do Movimento da Arquitetura revela muitos aspectos cruciais desde sua vanguarda. O trabalho dos arquitetos e designers teve um impacto fundamento, além do público para qual foi designado, ou seja, o design está e sempre estará ao alcance de todos.

O mobiliário em questão revela isto de uma forma clara e perceptível, influenciando até hoje em novos projetos, na usabilidade e principalmente no design.

Nova Educação

A Bauhaus foi mais influente que a arte do artesanato e qualquer outra escola de design do século XX. Os professores da escola eram pessoas influentes, nesse caso, temos verdadeiros artistas como Paul Klee, Wassily Kandinsk e Moholy-Nagy, esses ensinaram arquitetos e designers, como Walter Gropius e Marcel Breuer.

Poltrona Wassily
Poltrona Wassily de Marcel Breuer

Cada aluno precisava de uma educação integrada, prática e teoria, isso na época, acreditem, era bastante revolucionário. O objetivo era produzir um trabalho que unificasse preocupações intelectuais, prática e estética através da atividade artística e para a exploração de novas tecnologias. Tudo isso deve levar a uma integração bem sucedida de teoria do design com o processo industrial.

Vida Nova

O impacto das experiências horríveis na Primeira Guerra Mundial, a pobreza e a inflação criou uma nova consciência que influenciou fortemente o design, arquitetura e arte. A Bauhaus reagiu a essa mudança social através da criação de uma relevância estética às necessidades da época.

O Design da Bauhaus mostrou a simplicidade com ênfase nas bordas retas e suaves. O aço foi descoberto como um material de mobília, onde o objetivo era tirar proveito das possibilidades de produção em massa, afim de alcançar um estilo de design que fosse funcional e estético.

Chaise LC4
Chaise LC4 de Le Corbusier

 

Os objetos deveriam ser projetados para ter “simplicidade, multiplicidade, uso econômico de espaço, material, tempo e dinheiro”, tornando-se moderno quanto qualquer coisa produzida hoje.

Cadeira Wassily de Marcel Breuer (1926) é um dos ícones do século XX.

Móveis Bauhaus Design

Um dos princípios da Bauhaus era servir ao desenvolvimento da habitação social contemporânea, à partir de equipamentos domésticos mais básicos para uma casa completa. A tecnologia foi fundamental para os modernistas, os seguidores da Escola Bauhaus viu as máquinas de produção como uma extensão da mão.

Sendo assim, o objetivo principal de Le Corbusier era permitir homem, máquina e natureza “vivam” em uma estado de equilíbrio. O resultado foi a ideia onde “a casa é uma máquina para viver” e a “cadeira é uma máquina para sentar”, enfim, a extensão do corpo.

Outubro Rosa

Marcel Breuer é verdadeiramente o pioneiro na busca de novas formas de produzir móveis. Diz-se que ele teve a ideia de fazer móveis de metal tubular, como essas barras de bicicleta. Para ele, aço tubular com couro ou tecido eram tão confortáveis quanto aos bons estofados, ainda mais leve, mais barato, menos volumoso e mais higiênico.

A ideia por trás de tudo isso, era construir casas baratas e bonitas, tornado algo mais duradouro e belo.

Esse é só um pedaço dessa história linda que é a Bauhaus Design!

Abaixo, vídeo com fotos da escola.

Um abraço!

Comentários

6 Comentários


  1. Impossível falar de Design e Arquitetura (e os demais campos criativos pós-guerra) sem ter Bauhaus no meio. Todos os pensantes citados foram de grande importância, mas acredito que poderia ter tido um espaço para Johannes Itten, que além de teórico da cor, ministrou o Vorkurs, onde o aluno se conhecia mais e podia, então, tirar maior proveito da escola e seus ateliês.
    Parabéns pelo blog!

    Responder

    1. Obrigado pela contribuição Wesley. Vou tentar fazer algo para tais designers que você citou e que são de suma importância para história. Seu tumblr é de muito bom gosto.

      Abraço!

      Responder




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *