Como Evitar Dor de Cabeça com Clientes na Hora de Escolher os Móveis

Tempo de leitura: 4 minutos

Como Evitar Dor de Cabeça com Clientes na Hora de Escolher os Móveis
5 (100%) 5 Votos

Olá, caro profissional de Arquitetura e Design de Interiores. Esse artigo é para você!

Sabemos que muitas vezes é inevitável ter dores de cabeça com os clientes, seja qual for o projeto, mas acreditamos que, muitas delas, podemos evitar ou amenizar.

Falando em projeto de interiores, temos a parte que envolve a escolha dos móveis que, de vez em quando, (ou de vez em sempre, rs) gera aquela dorzinha de cabeça.

Portanto, resolvi juntar a minha experiência como Consultora de Móveis de Design com as opiniões de profissionais da área e criei uma lista com 5 coisas às quais você, profissional, deve se atentar na hora de escolher os móveis e quero compartilhar com você a fim de ajudá-lo em seus próximos projetos.

Bom, vamos lá:

1 – Não deixe para última hora.

Muitos profissionais da área não sabem, mas há móveis de design que levam até 45 dias úteis para serem fabricados, devido a todo o lado artesanal da sua produção. Então não “fique na mão”, lembre-se sempre de selecionar os móveis no começo do projeto, evitando  surpresas ao contatar a loja.

2 – Deixe o cliente bem ciente dos prazos da entrega.

No ato da compra, informamos ao cliente o prazo de fabricação e entrega do produto, porém, há sempre um ou outro que não se atenta a isso, talvez por estarem sempre muito ocupados.

Como já sabemos, a maioria dos móveis (principalmente os customizados) necessitam de um tempo maior para a fabricação e muitos clientes tomam ciência sobre o prazo final somente quando vão cobrar a entrega, gerando muita dor de cabeça. O pior de tudo é que muitos não entendem os motivos de prazos mais extensos.

O recomendado é deixar esses prazos bem explícitos no contrato e relembrar o cliente na hora de assinar.

3 – Lembre-se de verificar as medidas do móvel

Parece óbvio verificar todas as medidas do móvel, mas a questão é que muitas vezes o móvel é grande e não desmonta e, nesse caso, pode ocorrer de não entrar em elevadores ou portas, necessitando de um serviço de içamento, por exemplo, gerando novos custos.

Portanto, atente-se sempre a esse fator. Procure se informar sobre como o móvel é entregue (desmontado ou não) e suas medidas na embalagem.

4 – Monitores e Smartphones? Informe o cliente sobre a possível variação de tonalidade do acabamento.

Já sabemos que quando vamos escolher um tecido ou pintura pela tela do computador ou do smartphone, mesmo nas telas de última geração, há sempre um pequena alteração da cor real do acabamento, principalmente quando vista de outros ângulos.

Então é interessante deixar o seu cliente sempre ciente sobre essa possibilidade e, se a compra for em uma loja online, busque solicitar ao atendente informações sobre o acabamento que você tenha gostado.

Hoje, na era de compras pela a internet, não é muito comum, mas caso o cliente sinta-se inseguro, verifique com a loja a possibilidade de enviar amostras físicas via correios, por exemplo.

5 – Fuja de móveis com curto prazo de garantia.

Atualmente, com o grande número de importações no Brasil, é comum acharmos muitos móveis e artigos de decoração dos mais variados preços. Portanto, é importante ficar atento na hora de comprar peças importadas da china (o famoso Made in China) com garantia de apenas 3 ou 6 meses.

Não estou dizendo que essas peças importadas são ruins, mas a dica é: opte por comprar em lojas que ofereçam pelo menos 1 ano de garantia nelas. A qualidade é mais garantida.

BÔNUS – Evite fazer orçamentos de móveis desnecessários.

Busque ao máximo saber o que o seu cliente deseja, se é um acabamento mais luxuoso ou mais simples. O revestimento de uma poltrona pode ser um parâmetro para o saber o quanto ele está disposto a gastar. Por exemplo, há tecidos que custam R$ 15,00 o metro e outros R$ 250,00 o metro.

Assim, você evitará a apresentação de orçamentos que não atendem o que o cliente deseja ($$).

E aí, gostou dessas dicas? Nos envie o seu feedback ou dúvida. Será um prazer interagir com você.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *