The Chair: A cadeira presidencial

Tempo de leitura: 6 minutos

The Chair: A cadeira presidencial
5 (100%) 1 Voto

The Chair, ou The Round Chair, seu nome original, foi uma das peças mais icônicas de Hans Wegner.

Famosa na TV americana por estar presente nos debates presidenciais, ela vem desde 1956 sendo referenciada como um dos melhores itens do design dinamarquês.

Neste artigo, veja um pouco sobre como uma peça minimalista ainda pode esconder alguns detalhes impressionantes.

the chair revestimento preto
The Chair.

Hans Wegner: Criador da The Chair

Hans Jørgensen Wegner foi um marceneiro e designer formado na Escola de Artes e Ofícios de Copenhague, Danmarks Designskole.

Sua concepção artística era voltada a peças com exteriores simples e funcionais.

Hans Wegner estudio
Wegner em seu estúdio.

Devido ao seu início de carreira na marcenaria, ele era capaz de integrar técnicas mais complexas para a criação de peças aprimoradas, como muitos designers não eram capazes. Portanto, seu nome logo ficou conhecido em Copenhague.

A estética de Hans Wegner se baseava em respeitar as características da madeira. Ou seja, ele evitava usar materiais que não fossem os mais adequados para determinado projeto.

Poltrona e Puff Charles Eames

Além disso, quaisquer outros materiais de origem natural sempre chamavam sua atenção para pensar no que poderia ser feito para trazer uma suavidade natural e orgânica aos designs minimalistas dele.

hans wegner cadeiras
Hans Wegner com miniaturas de alguns de seus projetos.

Concepção e design

The Chair, assim como outras criações de Wegner, segue a arte minimalista focando no essencial.

Mas, como poderia ser esperado de quem possuía grande conhecimento em marcenaria, ela tinha detalhes que exigiam grande conhecimento na área para que fosse fabricada corretamente.

Wegner adicionou ao encosto e assento da cadeira, curvas leves que eram moldadas no bloco de madeira ainda sem ornamentação.

Poltrona Shell

Além disso, com seus entalhes interiores, ela esconde a conexão entre braços e pernas, dando a impressão de que tudo faz parte de uma única peça de madeira.

Essa cadeira é usada como referência do design dinamarquês porque carrega com ela a forma modesta de se trabalhar com madeira, estabelecida pela marcenaria do país.

the chair natural
The Chair feita de madeira natural.

Todos os modelos The Chair possuem assento estofado em couro e estão disponíveis em madeira natural ou tingida, com as opções preto e castanho.

Seu acabamento é a base de um tratamento com sabão, óleo biológico transparente, óleo vegetal branco e lacado.

Recepção do público e aparição na TV

Em 1956, quando foi lançada, a Round Chair foi um sucesso imenso.

Tamanha visibilidade e demanda por parte do público, fez com que a cadeira chamasse a atenção da revista americana “Interiors“, focada em assuntos de design e arquitetura.

catalogo-arquiteto-designers

interiors capa
Edição de Dezembro de 2016 da revista “Interiors” com a Cadeira Bertoia.

Na época, então, a Round Chair produzida pela empresa Johannes Hansen Møbelsnedkeri A/S abriu as portas para a exportação do design dinamarquês.

Wegner foi pego de surpresa com a ideia de levar seus projetos para fora do país. Para ele, mesmo sendo um produto de alta qualidade, a cadeira não tinha “nada de novo”, segundo palavras dele.

Ele achava que os americanos “poderiam ter feito isso (a importação de móveis dinamarqueses) há centenas de anos”.

Entretanto, foi no primeiro debate televisionado na história dos Estados Unidos, onde John F. Kennedy e Richard Nixon eram candidatos, que realmente a Round Chair chegou ao grande público.

Kennedy the chair
John F. Jennedy sentado na The Chair.

A rede de TV da época escolheu a Round Chair pelo conforto e qualidade, insistindo em fazer a importação em vez de adquirir algo nacional.

Após o debate, não só as ideias em pauta foram debatidas, como também o cenário chamou atenção das pessoas neste grande evento.

Não demorou muito para que o público estadunidense desse um novo nome para a Round Chair, chamando-a com o nome que conhecemos hoje: “The Chair”, na tradução, “A Cadeira”, dando ênfase ao móvel que entrou para a história do país.

Fabricação

A The Chair original dinamarquesa é fabricada a partir da madeira de carvalho. Alguns dias após chegada na fabrica, o tronco é cortado em pedaços menores antes que ele fique muito seco.

homem cortando tronco
Cortando tronco de carvalho.

A partir daí, os marceneiros fazem as marcações de onde serão moldadas as peças da cadeira (encosto, pés, assento e braços).

Como única restrição, o desenho dos braços da cadeira precisam ser feitos na mesma peça cortada. Dessa forma, eles são moldados como uma continuidade um do outro.

Logo depois que as peças são cortadas, todas são levadas a uma sala para secagem.

Lá, deve-se aguardar um determinado tempo até que a madeira fique seca para poder ser moldada.

Na moldagem, ela passa por máquinas de movimentos circulares, que retiram as arestas e permitem que a cadeira tenha acabamento arredondado.

O couro utilizado para o assento possui cerca de 2 milímetros de espessura.

assento the chair couro
Uma peça de couro é capaz de produzir até 10 assentos para a The Chair.

Para maiores detalhes do processo, acesse o vídeo sobre a fabricação da The Chair clicando aqui. Infelizmente, só foi possível encontrar o vídeo com legendas em inglês.

Hoje, a The Chair também é um produto de produção nacional, que segue os padrões de alto controle de qualidade.

Como usar a The Chair na composição do ambiente de casa

Para que a cadeira “case” bem com o ambiente, é preciso sempre tentar fazer uma ligação entre as peças.

Não é necessário fazer com que toda a mobília seja do mesmo material, mas é preciso que os detalhes se complementem.

Por exemplo, se a sua mesa for de madeira escura, escolha cadeiras também em tons escuros, como castanho ou preto. Mesmo que o tom não seja o mesmo da mesa, o fato de ambos serem mais escuros já é suficiente para haver essa complementação.

the chair 2 cadeiras
The Chair na sala de jantar.

Gostou do artigo?

Fique à vontade para comentar aqui embaixo. Logo responderemos você!

Caso já tenha a The Chair em casa e queira deixar sua opinião sobre ela, ficaremos felizes em ler.

Até o próximo post.

Um Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *