Casa Sustentável – Como Ter Uma

Tempo de leitura: 13 minutos

Casa Sustentável – Como Ter Uma

Você sabia que uma construção sustentável abrange toda elaboração da casa? Exatamente, construir uma casa sustentável, totalmente sustentável não é fácil, mas também não é impossível, e é isso que vamos mostrar pra você no artigo Casa sustentável – Como ter uma.

Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma

Para se ter um lar sustentável é necessário que tudo seja bem pensado, desde o inicio da construção, até a finalização e decoração.

Diversas pessoas acreditam que uma casa sustentável é aquela em que existem equipamentos “verdes” na casa como: aquecedor solar para água, telhados verdes, captação de água da chuva, lâmpadas econômicas para todos os ambientes, dentre outras adaptações para sua casa. E isto não é verdade, estes fatores fazem parte da sustentabilidade, porém não definem a mesma.

Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma

Outra forma equivocada de ver uma casa sustentável é acreditar que ao se colocar produtos ecologicamente corretos, torna sua casa um local com méritos de sustentabilidade. Pois sim, os materiais ecológicos constroem uma casa sustentável, porém outro fator importante deve ser levado em conta, é a localização. Um piso ecologicamente correto importando de um país distante destoa de todo o pensamento criado pela sustentabilidade.

Algo sustentável é aquele que em toda sua produção, e em todo o seu processo, reduz o impacto ambiental.

Poltrona Barcelona em Promoção

Quanto mais sustentável uma obra, mais responsável ela será por tudo o que consome, gera, processa e descarta.

Isso se trata de tudo que envolve a construção e a decoração da casa. Um móvel com excesso de material desnecessário, como uma cadeira que tem excesso de madeira é considerada ecologicamente incorreta, pois se fosse diminuída as quantidades de matéria prima gasta em uma cadeira teriam mais produtos com menor destruição de árvores.

Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma

Além da economia no transporte de um produto mais leve, que sai mais barato, gastando menos energia e se adaptando melhor a forma de pensar sustentável.

Antes de ser uma questão arquitetônica, a sustentabilidade é uma questão de ética.

O mesmo ocorre com produtos de decoração comprados em lojas com reputação duvidosa, ou sem nota fiscal. Pois produtos vindos de produções ilegais estão completamente fora dos ideais da sustentabilidade e da ética.

Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma

Alguns requisitos são completamente opostos à sustentabilidade:

  • Exploração de mão de obra
  • Operários sem carteira assinada
  • Matéria prima retirada de forma ilegal
  • Produto sem nota fiscal
  • Utilização de produtos que prejudiquem de alguma forma o meio ambiente
  • Distribuição de produtos por meio ilegal

Da escolha do terreno, mão de obra especializada (e dentro da lei com todos os registros necessários), compra dos produtos, e formas de construção, tudo deve estar dentro dos padrões necessários para construir uma casa sustentável.

Terreno

O terreno escolhido para a construção de uma casa sustentável deve estar dentro dos padrões de proteção ao meio ambiente.

Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma

Isso significa que:

  • Não pode ter nenhuma pendência judicial
  • Não pode estar dentro de ambiente de preservação
  • Não pode estar prejudicando outras moradias

Mão de Obra especializada

Ao pensar na Casa Sustentável, devemos pensar na forma com que ela vai ser construída, e isso não se refere apenas aos materiais e ao terreno, mas também está se referindo a mão de obra utilizada na construção.

Buffets Modernos

Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma

Uma construção dentro das normas da sustentabilidade tem como requisito a utilização de mão de obra totalmente “legal”. Isso significa que todos os funcionários que irão trabalhar na construção da casa devem ter carteira registrada, serem maiores de 18 anos, e estarem tendo condições de trabalho legais.

A sustentabilidade abrange:

  • O programa da construção.
  • A concepção do Projeto.
  • A realização da obra.
  • A operação de usabilidade.
Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma

O que se espera de um projeto de casa sustentável:

  • Qualidade Urbana
  • Projeto e Conforto
  • Eficiência Energética
  • Conservação de Recursos Materiais
  • Gestão da Água
  • Práticas Sociais

Compra dos Produtos

Os produtos comprados para a construção da casa sustentável devem estar dentro de algumas normas de responsabilidade.

Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma

Todo e qualquer material utilizado na obra deve vir de um local próximo, pois se algum produto for importado de um local distante irão existir:

  • Gastos desnecessários com transporte.
  • Maior nível de poluição durante o transporte.
  • Excesso de mão de obra durante o transporte.
  • Todos os outros encargos de uma importação.

E tudo isso, todos estes processos e trabalhos, trazem um desgaste muito maior para o meio ambiente, do que se os mesmos produtos fossem comprados de um fornecedor próximo à localização da obra da casa sustentável.

Normas da Sustentabilidade – ISO

ISO: Abreviamento de: International Organization for Standardization (Organização Internacional de Normalização).

O ISO tem como objetivo principal aprovar normas internacionais em todos os campos técnicos, como normas técnicas, classificações de países, normas de procedimentos e processos, e etc. No Brasil, a ISO é representada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

O ISO referente à sustentabilidade traz diversas normas e formas de utilização das mesmas, fazendo com que todas as casas sustentáveis sigam os mesmos requisitos.

Recentemente, a construção ganhou normas próprias no âmbito da sustentabilidade, por meio do sistema ISO. São elas as normas ISO 21930 (2007) – Sustentabilidade na construção civil – Declaração ambiental de produtos para construção e ISO 15392 (2008) – Sustentabilidade na construção civil – Princípios gerais. É do Comitê Técnico da ISO, também, o seguinte conceito de obra sustentável:

Edificação sustentável é aquela que pode manter moderadamente ou melhorar a qualidade de vida e harmonizar-se com o clima, a tradição, a cultura e o ambiente na região, ao mesmo tempo em que conserva a energia e os recursos, recicla materiais e reduz as substâncias perigosas dentro da capacidade dos ecossistemas locais e globais, ao longo do ciclo de vida do edifício. (ISO/TC 59/SC3 N 459).

Existem nove passos principais que são o resumo das diretrizes gerais para edificações sustentáveis.
Estes nove passos trazem em sua estrutura as conformidade e recomendações de alguns dos sistemas de avaliação e certificação de obras mais importantes que existem.

Nove Passos para a Obra da Casa Sustentável:

  1. Planejamento Sustentável da obra
  2. Aproveitamento passivo dos recursos naturais
  3. Eficiência energética
  4. Gestão e economia da água
  5. Gestão dos resíduos na edificação
  6. Qualidade do ar e do ambiente interior
  7. Conforto termo-acústico
  8. Uso racional de materiais
  9. Uso de produtos e tecnologias ambientalmente amigáveis

Tipos de Construção sustentável

Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma

Para especificar os tipos de construções sustentáveis, de forma concreta e vinda de quem é doutor no assunto, leia agora o artigo do Márcio Augusto Araújo, consultor do IDHEA – Instituto para o Desenvolvimento da Habitação Ecológica:

A Construção sustentável é uma síntese das escolas, filosofias e abordagens que associam o edificar e o habitar à preocupação com preservação do meio ambiente e saúde dos seres vivos.
Para ela convergem tendências como: arquitetura ecológica, arquitetura antroposófica, arquitetura orgânica, arquitetura bioclimática, arquitetura biológica, bioconstrução, ecobioconstrução, domobiótica, arquitetura sustentável, construção ecológica, construção e arquitetura alternativas, earth-ship (navio terrestre) e permacultura.

Os principais tipos de Construção sustentável resumem-se, basicamente, a dois modelos: a) construções coordenadas por profissionais da área e com o uso de ecoprodutos e tecnologias sustentáveis modernas, fabricados em escala, dentro das normas e padrões vigentes para o mercado; e b) sistemas de autoconstrução, feitos pelo próprio interessado ou usuário, sem contar diretamente com suporte de profissionais (daí serem chamados de autoconstrução).

Este tipo de construção ultrapassa mais de 60% das obras civis no Brasil e inclui grande dose de criatividade, vontade pessoal do proprietário e responsável pela obra.

Construção com materiais sustentáveis industriais – Construções edificadas com ecoprodutos fabricados industrialmente, adquiridos prontos, com tecnologia em escala, atendendo a normas, legislação e demanda do mercado.

É a mais viável para áreas de grande concentração urbana, porque se inserem dentro do modelo socioeconômico vigente e porque o consumidor/cliente tem garantias claras, desde o início, do tipo de obra que estará recebendo.

Construção com resíduos não-reprocessados (Earthship) – Consiste na utilização de resíduos de origem urbana com fins construtivos, tais como garrafas PET, latas, cones de papel acartonado, etc. Comum em áreas urbanas ou em locais com despejo descontrolado de resíduos sólidos, principalmente onde a comunidade deve improvisar soluções para prover a si mesma a habitação. Um dos exemplos mais notórios de Earthship ‘intuitivo’ e sem planejamento são as favelas dos grandes centros urbanos. No entanto, também pode ser um modelo criativo de Autoconstrução, com o uso destes mesmos resíduos a partir de concepções de Ecodesign (projeto sustentável).

Construção com materiais de reuso (demolição ou segunda mão) – Esse tipo de construção incorpora produtos convencionais descartados e prolonga sua vida útil, evitando sua destinação para aterros sanitários ou destruição por processos perigosos (como queimas ou descarte em botas-fora). Requer pesquisa de locais para compra de materiais, o que limita seu alcance e caráter universal. Este tipo de construção só pode ser considerada sustentável pelo prolongamento da vida dos materiais reutilizados, uma vez que estes, em geral, não têm origem sustentável.

Construção alternativa – Utiliza materiais convencionais disponíveis no mercado, com funções diferentes das originais. É um dos modelos principais adotados em comunidades carentes ou sistemas de autoconstrução. Exemplos: aquecedor solar com peças de forro de PVC como painel para aquecimento de água.

Construção natural – É o sistema construtivo mais ecológico, portanto, mais próximo da própria natureza, uma vez que integra a edificação com o ambiente natural e o modifica ao mínimo. Respeita o entorno e usa materiais disponíveis no local da obra ou adjacências (terra, madeira, pedra etc.); utiliza tecnologias sustentáveis de baixo custo (apropriadas) e desperdiça o mínimo de energia em seus processos. Exs.: tratamento de efluentes por plantas aquáticas, energia eólica por moinho de vento, bombeamento de água por carneiro hidráulico, blocos de adobe ou terra-palha, design solar passivo. É um método adequado principalmente para áreas rurais ou para áreas que permitam boa integração com o entorno, onde haja pouca dependência das habitações vizinhas e das redes de água, luz, esgoto construídas pelo poder público. O planejamento avançado deste sistema, que também que se insere nos princípios da Autoconstrução, também é conhecido como Permacultura [4].

Ref,: 1 – Tecnologia Apropriada. Tecnologia desenvolvida pelo próprio morador e/ou comunidade, com aplicação no próprio local. Termo cunhado na década de 1970, pelo economista E.F.Schumacher.
2 – Autoconstrução. Sistema construtivo em que o próprio morador e/ou comunidade constroem sua habitação, com ou sem a ajuda de um profissional da área.
3 – Síndrome do Edifício Enfermo (SEE). Patologia catalogada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) no início da década de 1980, cuja ocorrência se dá em prédios e edifícios com má ventilação e baixa dispersão de poluentes internos (gás carbônico, fumaça de cigarro e automóvel, emissão e acúmulo de compostos orgânicos voláteis). Considera-se que um edifício está “enfermo” quando cerca de 20% de seus moradores ou usuários apresentam sintomas semelhantes como: irritação nasal e ocular, problemas respiratórios e mal-estares em geral.
4- Permacultura – A palavra “permacultura” é um neologismo cunhado pelo australiano Bill Mollinson a partir da aglutinação das palavras perma(nente) e (agri)cultura. A permacultura, mais do que um modo sustentável para construção, consiste num estilo de vida sustentável, que toma por base a agricultura e o chamado “design da natureza”, de forma a criar um ambiente que integre o ser humano ao meio ambiente.

Conclusão

Casa Sustentável – Como Ter Uma
Casa Sustentável – Como Ter Uma. Na foto: Cadeiras Francesinhas

Vimos que uma casa sustentável não é aquela apenas que tem produtos ecologicamente corretos em sua construção, mas que está envolvida com todo o contexto de sustentabilidade.

A casa sustentável é a porta para se pensar na construção de uma sociedade sustentável e tudo que a envolve. Fazendo a intervenção que o nosso meio ambiente esta precisando. Preservando, ajudando, recuperando a harmonia perdida entre construção civil e toda a natureza.

Uma casa sustentável é melhor para a natureza e para todos os moradores, pois a sustentabilidade é uma forma de ver a vida sem divisão. Isso significa que a partir dela vemos o mundo como um todo, integrando nossa vida como seres humanos, e o ambiente em que vivemos.

Desta forma o ato de construir, decorar e viver em nossos lares, se torna algo muito mais significativo e importante. Tornando cada vez mais a nossa casa um local extremamente importante em nossas vidas.

REVISÃO

Casa sustentável – Como ter uma
Terreno
Mão de Obra especializada
Compra dos Produtos
Normas da Sustentabilidade – ISO
Nove Passos para a Obra da Casa Sustentável:
Tipos de Construção sustentável
Conclusão

Integrar a construção de sua casa com a sustentabilidade vai trazer mais harmonia, saúde e beleza para seu lar. A casa sustentável é pensada desde sua construção, até sua decoração. Então mãos a obra, e faça parte deste Mundo da sustentabilidade.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *