Grandes Designers – Antonio Bonet

Tempo de leitura: 7 minutos

Grandes Designers – Antonio Bonet
5 (100%) 1 Voto

Existe uma frase que diz: “Não existe grandeza onde não há simplicidade”, e essa frase traduz bem a participação de Antonio Bonet na história dos móveis de design. De origem espanhola, majoritariamente conhecido por prédios que desenhou para construções na Argentina, Espanha e Uruguai, ele foi de desenhar arranha-céus, para um projeto no 3º Salão de Artistas Decoradores de Buenos Aires que provou sua capacidade de se adaptar a trabalhos em menor escala.

Neste artigo sobre Grandes Designers, conheça mais sobre um arquiteto que fez valer sua pequena participação no design de móveis

Antonio Bonet foto
Antonio Bonet.

Antonio Bonet Castellana (1913–1989), foi um arquiteto, urbanista e designer espanhol. Nasceu em Barcelona, mas morou grande parte de sua vida na região do Rio da Prata, entre Uruguai e Argentina.

Início de carreira e o aprendizado com Le Corbusier

Bonet iniciou sua carreira profissional trabalhando em um estúdio em Barcelona, pertencente a outros dois arquitetos: Josep Lluís Sert e Torres Clavé.

O nome do estúdio era MIDVA – Muebles y decoración para la vivienda actual (Móveis e decoração para casas atuais). Ele ajudava os arquitetos em alguns de seus projetos no estúdio, enquanto estudava arquitetura sendo parte do grupo GATEPAC, uma associação de arquitetos reunidos durante a Segunda República Espanhola.

No ano de 1936, quando finalmente terminou seus estudos, Antonio Bonet queria se especializar mais ainda. Sendo assim, ele viajou para Paris, buscando uma oportunidade para entrar no estúdio de Le Corbusier.

estudio le corbusier
Le Corbusier em seu estúdio. Ele foi um famoso arquiteto e designer suíço naturalizado francês que vivia na capital

Lá, ele conheceu Juan Kurchan e Jorge Ferrari-Hardoy, arquitetos argentinos que futuramente seriam seus parceiros no desenvolvimento da Poltrona Butterfly.

Poltrona e Puff Charles Eames

Antonio Bonet se muda para Argentina

A ida de Bonet para a Argentina no final dos anos 30 se motivou pela Guerra Civil Espanhola na época.

Em Buenos Aires, terra de seus colegas de estudo Kurchan e Hardoy, o trio resolveu fundar o Austral Group. Essa seria uma empresa de arquitetura dedicada às fundações de Le Corbusier, mestre do trio.

Projetos arquitetônicos

E foi na Argentina que Antonio Bonet deixou suas primeiras assinaturas. Por exemplo, o projeto da Casa de Estúdios para Artistas, em Buenos Aires.

Casa de Estudios para Artistas antonio bonet
Casa de Estudios para Artistas.

Ao nível da rua, o prédio conta com 4 espaços comerciais e acima existem 7 apartamentos-estúdios. Eles foram pensados como um ambiente de descanso e trabalho para arquitetos e designers.

Poltrona Shell

Em seguida, novos projetos foram chegando e em todo canto da capital argentina era possível ver algo criado por Bonet.

Galeria Rivadavia antonio Bonet
Galeria Rivadavia.

Além disso, ele projetou algumas outras construções no Paraguai e na Espanha, sua terra Natal.

Uma das obras marcantes de Bonet em Barcelona foi a casa La Ricarda. Essa casa foi feita para o empresário Ricardo Gomis Serdañons e sua esposa Inés Bertrand Mata.

la ricardia antonio bonet
“La Ricardia” é uma homenagem a um lago de mesmo nome localizado ao sul de Barcelona.

No Uruguai ele construiu vários edifícios sobre a costa de Punta Ballena, pequena península situada no sul do país.

Entre as construções famosas de lá estão o hotel Solana del Mar e a casa Berlingieri.

Antonio Bonet e a Poltrona Butterfly

Essa poltrona também é chamada de Poltrona BKF, devido as siglas dos criadores (Bonet-Kurchan-Ferrari).

catalogo-arquiteto-designers

Sua apresentação para o mundo foi no ano de 1940. Primeiramente, a Butterfly fazia parte de um projeto pessoal do grupo, até que decidiram incluí-la na competição do 3º Salão de Artistas Decoradores, uma exposição de design.

poltrona butterfly
Poltrona Butterfly em Couro Envelhecido.

Mesmo não sendo a área foco Bonet, era um trabalho importante já que o mestre Le Corbusier também projetava móveis, mesmo sendo arquiteto. Portanto, para os aprendizes do lendário arquiteto, era preciso fazer valer o conhecimento adquirido.

Com todo seu charme fazendo sucesso, a Butterfly ganhou dois prêmios. Além disso, a bela poltrona chamou a atenção de Edgar Kaufmann Jr, que havia acabado de se tornar curador de design industrial no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque, o MoMa.

Para Kaufmann, a poltrona se enquadra no conceito de Bom Design do MoMA, porque era funcional, bonita, leve e relativamente barata. Consequentemente, ele a levou para os Estados Unidos para exposições no museu.

poltrona butterfly bkf
Poltrona Butterfly em couro comum.

Logo em seu primeiro ano em uma exposição do MoMA, a Butterfly ganhou ainda mais prêmios e futuramente foi adquirida pela empresa de móveis de escritório, Knoll, para que pudesse ser produzida e vendida em larga escala.

Empresa knoll
Knoll Inc.

Milhões de poltronas pelo mundo

Um fato curioso alavancou a popularidade da Poltrona Butterfly em 1951.

Seus desenhos caíram em domínio público, permitindo que vários fabricantes pudessem criar a cadeira em suas fábricas justamente como ela foi idealizada, mesmo com a empresa Knoll detendo direitos dela.

Em outras palavras, as produções em massa da cadeira de sucesso do MoMa estavam acontecendo em diversos lugares.

Como resultado, só na década de 50, a Poltrona Butterfly teve mais de 5 milhões de unidades vendidas.

butterfly bkf verde
Poltrona Butterfly verde.

A Butterfly é uma peça leve, composta apenas por uma armação de metal, que está envolta por uma única peça de tecido, sem apoio, utilizando uma técnica de design chamada de assento flutuante.

A ideia dos arquitetos era fazer uma versão mais moderna de cadeiras que utilizavam madeira em estruturas parecidas, como as cadeiras dobráveis que Joseph Beverly Fenby criou para o exército britânico.

tripolina fenby
Cadeira Tripolina. Criação de Joseph Beverly Fenby.

Hoje em dia, é possível escolher uma Butterfly de armação preta tradicional, feita em aço carbono, ou a metálica, que é de aço inox.

Os modelos em aço carbono também podem levar outras colorações, mas a cor preta é a mais comum. No caso da estrutura metálica, é o tradicional aço inox, mas que é também bastante resistente à corrosão e, por isso, tem uma ótima durabilidade.

Concluindo, modernidade foi o lema para a criação da Poltrona Butterfly e ela não decepcionou, já que mesmo hoje em dia ela traz um toque elegante ao ambiente.

Cadeira Solana del Mar

Como o nome diz, essa cadeira foi criada por Antonio Bonet para compor a decoração do Hotel Solana del Mar, desenhado por ele.

A cadeira é composta por duas estruturas laterais de madeira que são ligadas por peças cilíndricas, um design que possui aspecto formal.

Seu assento é de couro esticado e o encosto é levemente inclinado.

A forma de trabalho de Antonio Bonet

Ambas as cadeiras feitas por Bonet são formas readaptadas de modelos existentes. Ernesto Katzenstein, arquiteto e amigo próximo dele, fez a seguinte observação sobre o trabalho do colega de profissão:

“É interessante observar como Bonet vai refinando o design dos móveis populares até chegar a objetos que conservam a simplicidade e lógica do modelo original e que são, dessa forma, uma síntese admirável de tradição e modernidade”.

Por mais que muitos considerem a área de arquitetura e design de móveis completamente distintas, Bonet pensava que a arquitetura se estendia desde a concepção de um móvel até o planejamento de uma cidade inteira.

Em outras palavras, ele acreditava que o arquiteto deveria integrar todas as escalas do habitat humano, sempre buscando materiais e formas novas para conseguir criar algo a serviço da sociedade.

Antonio Bonet estúdio
Antonio Bonet em seu estúdio.

Gostou do artigo?

Você que quer ver mais opções de modelos da Poltrona Butterfly para logo estar podendo relaxar na sua utilizando todo o conforto dela, basta acessar o nosso site. Tire todas as suas dúvidas sobre o valor e veja depoimentos de nossos clientes.

E, caso já tenha uma na sua casa e queira deixar sua opinião sobre ela, ficaremos felizes em ler.

Até o próximo post.

Um Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *